fbpx
loader

Fundos de CRIs passam a ter o maior peso setorial na seleção de FIIs em setembro, com participação de 35%. Veja a nova composição

A Carteira de Fundos Imobiliários sugerida pelo Banco Safra traz para o mês de setembro uma troca em relação à seleção de agosto.

Dessa forma, sai o fundo imobiliário Pátria Logística (PATL11) e entra o Kinea Rendimentos Imobiliários (KNCR11).

Com isso, o objetivo é ganhar exposição ao atual ciclo de alta na taxa básica de juros, a Selic. Confira a nova composição:

Fundos imobiliários recomendados para investir em setembro
Fundo (código) – Segmento – Peso na carteira

  • JS Real Estate (JSRE11) – Escritórios – 10%
  • Vinci Offices (VINO11) – Escritórios – 10%
  • CSHG Renda Urbana (HGRU121) – Híbrido – 10%
  • TRX Real Estate (TRXF11) – Híbrido – 7,5%
  • Bresco Logística (BRCO11) – Logística – 10%
  • RBR LOG (RBRL11) – Logística – 10%
  • XP Malls (XPML11) – Shoppings – 7,5%
  • Kinea Recebíveis Imobiliários (KNCR11) – Ativos Financeiros – 10%
  • BTG Pactual Crédito Imobiliário (BTCR11) – Ativos Financeiros – 7,5%
  • Kinea Índice de Preços (KNIP11) – Ativos Financeiros – 10%
  • CSHG Recebíveis Imobiliários (HGCR11) – Ativos Financeiros – 7,5%

O fundo da Kinea tem 93,5% de seu patrimônio alocado majoritariamente em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) com indexação em CDI mais uma parcela prefixada (‘CDI+’).

Nesse sentido, os setores mais representativos no portfólio de CRIs do fundo são lajes corporativas, com 43,7%, e shoppings, com 27,4%.

Além disso, o Safra elevou os pesos na exposição a XP Malls de 5% para 7,5% e a Kinea Índice de Preços de 5% para 10%.

Por outro lado, houve redução para 7,5% na exposição a BTG Pactual Crédito Imobiliário, CSHG Recebíveis Imobiliários e TRX Real Estate.

Com isso, o setor de logística deixou de ter a maior participação na carteira de fundos imobiliários de setembro do Safra, ultrapassado pelos fundos de CRIs.

Adicionalmente, a tese completa de investimento para cada papel na carteira de fundos imobiliários para setembro pode ser lida por este link.

Desempenho da carteira
Atualmente, o rendimento anual estimado para o portfólio é atualmente de 8,4%.

O último resultado foi desvalorização de 2,36% desde 9 de agosto de 2021, contra uma queda de 1,50% do Ifix no mesmo período.

Por fim, os destaques positivos de performance foram:

  • Vinci Offices (+2,19%);
  • CSHG Recebíveis Imobiliários (+1,56%);
  • XP Malls (+0,33%).

Em contrapartida, do lado negativo ficaram em evidência os seguinte os ativos:

  • JS Real Estate (-8,46%);
  • Pátria Logística (-7,57%);
  • Bresco Logística (-3,89%).
A Visão Investimentos - Agente Autônomo de Investimentos Ltda está devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Instrução Normativa nº497/11, e é credenciada junto à Safra Corretora de Valores e Câmbio Ltda., o que pode ser verificado no site da CVM (www.cvm.gov.br) ou no site da ANCORD (http://www.ancord.org.br) ou no site da Safra Corretora - www.safra.com.br/agentesautonomoscredenciados. A marca SAFRA INVEST é de propriedade e objeto de direitos exclusivos de empresas das Organizações Safra, das quais faz parte a Safra Corretora de Valores e Cambio Ltda. O Agente Autônomo é um intermediário e depende de ordem prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro e de capitais. Esta mensagem tem conteúdo meramente informativo. As informações ora prestadas são de caráter geral e exemplificativo, estando sujeitas a alterações, condições adicionais e negociação específica para cada investimento realizado, não se configurando ou devendo ser entendida como oferta pública ou privada, relatório de análise ou consultoria de valores mobiliários tais como definidos na legislação e regulamentação em vigor. As informações expressas neste documento foram obtidas de fontes públicas consideradas seguras, porém não é garantida a sua precisão ou completude, não devendo ser consideradas como tal. Investimentos em títulos e valores mobiliários envolvem riscos. A decisão pelo tipo e perfil de investimento é de responsabilidade exclusiva do cliente, razão pela qual se recomenda fortemente que o investidor faça uma avaliação independente sobre as operações pretendidas, riscos, condições e tributação aplicável. Quaisquer referências e rentabilidades passadas não significam de qualquer forma a garantia ou previsibilidade de rentabilidades futuras. O Grupo Safra não será responsável por perdas diretas, indiretas ou lucros cessantes decorrentes da utilização deste material para quaisquer finalidades. A presente publicação e todos seus elementos literais e gráficos constituem uma obra autoral protegida, estando os diretos sobre a mesma reservados.