fbpx
loader

Autoridades responsáveis pelo combate à pandemia no governo Joe Biden querem discutir formas de ajudar o país a conter covid-19

Responsáveis pela estratégia de combate à covid-19 no governo Joe Biden manifestam preocupação com a situação da pandemia no Brasil.

O principal infectologista do governo dos Estados Unidos, Anthony Fauci, afirmou que terá reunião com autoridades brasileiras, quando os EUA poderão entender como ajudar o País, mas não se comprometeu com compartilhamento de vacinas.

“Nós vamos nos reunir com autoridades brasileiras”, disse Fauci. “Estamos bem preocupados com a situação difícil do Brasil e iremos discutir formas de ajudar o país”, afirmou o infectologista.

Fauci disse que não entraria em detalhes, porque aguarda ver o que os órgãos brasileiros irão informar para, então, avaliar como os americanos poderão ajudar.

Itamaraty pede compartilhamento de vacinas
O Itamaraty informou que está em contato com o governo americano desde o dia 13 de março, após o jornal The New York Times revelar que havia pressão sobre o governo Biden para compartilhar doses de vacina da AstraZeneca com outros países, como o Brasil.

Ainda segundo o jornal americano, algumas nações já haviam requisitado que os americanos doassem o imunizante que ainda não está em uso.

Desde então, a diplomacia brasileira tem trabalhado para agendar uma reunião com autoridades de órgãos de saúde, como a Anvisa, e a equipe do governo americano.

País pode conseguir kit intubação
Nesta quarta-feira, em audiência na Câmara dos Deputados, o chanceler brasileiro Ernesto Araújo disse que considera “difícil” o Brasil obter dos EUA a liberação de vacinas, mas afirmou que o governo tem “boa perspectiva” de conseguir “kits de intubação” e máquinas de produção de oxigênio nos EUA.

No mesmo dia, as autoridades do governo Biden voltaram a dizer que a prioridade é garantir a vacinação nos EUA, antes de disponibilizar o excedente.

“Depois de cuidarmos da situação realmente difícil que temos em nosso próprio país, com mais de 535 mil mortes, obviamente teremos, no futuro, vacina excedente, e certamente consideramos tornar essa vacina disponível para países que precisam dela”, disse Fauci.

“Estamos preocupados com o Brasil”
“Nós estamos preocupados com a situação no Brasil. Temos tido conversas no Brasil regularmente, diariamente, sobre o que está acontecendo lá. Não darei mais detalhes além de dizer que estamos profundamente engajados”, disse o conselheiro sênior da Casa Branca para resposta à pandemia, Andy Slavitt.

Na semana passada, a Casa Branca informou que tem 7 milhões de doses da vacina da AstraZeneca para compartilhar com a comunidade internacional e anunciou o empréstimo de 2,5 milhões ao México e 1,5 milhão ao Canadá. O imunizante da AstraZeneca ainda não foi autorizado para uso nos EUA, por isso as doses compradas pelos americanos estão paradas.

O governo americano tem sido pressionado a compartilhar doses de vacina com nações pobres e em desenvolvimento, conforme consegue avançar na imunização da própria população. Mais de 85 milhões de moradores dos EUA já receberam ao menos uma dose de vacina. Fauci e Slavitt voltaram a falar que o governo Biden está comprometido com o financiamento de US$ 4 bilhões para o Covax Facility, o consórcio da Organização Mundial da Saúde (OMS) para promover o acesso equitativo às doses. (AE)

-fonte: https://oespecialista.com.br/eua-preocupados-pandemia-no-brasil/

A Visão Investimentos - Agente Autônomo de Investimentos Ltda está devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Instrução Normativa nº497/11, e é credenciada junto à Safra Corretora de Valores e Câmbio Ltda., o que pode ser verificado no site da CVM (www.cvm.gov.br) ou no site da ANCORD (http://www.ancord.org.br) ou no site da Safra Corretora - www.safra.com.br/agentesautonomoscredenciados. A marca SAFRA INVEST é de propriedade e objeto de direitos exclusivos de empresas das Organizações Safra, das quais faz parte a Safra Corretora de Valores e Cambio Ltda. O Agente Autônomo é um intermediário e depende de ordem prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro e de capitais. Esta mensagem tem conteúdo meramente informativo. As informações ora prestadas são de caráter geral e exemplificativo, estando sujeitas a alterações, condições adicionais e negociação específica para cada investimento realizado, não se configurando ou devendo ser entendida como oferta pública ou privada, relatório de análise ou consultoria de valores mobiliários tais como definidos na legislação e regulamentação em vigor. As informações expressas neste documento foram obtidas de fontes públicas consideradas seguras, porém não é garantida a sua precisão ou completude, não devendo ser consideradas como tal. Investimentos em títulos e valores mobiliários envolvem riscos. A decisão pelo tipo e perfil de investimento é de responsabilidade exclusiva do cliente, razão pela qual se recomenda fortemente que o investidor faça uma avaliação independente sobre as operações pretendidas, riscos, condições e tributação aplicável. Quaisquer referências e rentabilidades passadas não significam de qualquer forma a garantia ou previsibilidade de rentabilidades futuras. O Grupo Safra não será responsável por perdas diretas, indiretas ou lucros cessantes decorrentes da utilização deste material para quaisquer finalidades. A presente publicação e todos seus elementos literais e gráficos constituem uma obra autoral protegida, estando os diretos sobre a mesma reservados.