fbpx
loader

Após período agudo da crise, fundo para investidores de perfil dinâmico é destaque por valorização em pouco mais de um mês.

Do início de 2020 até o período mais agudo da crise, em 23 de março de 2020, o fundo de investimentos Safra Lagrange II FIC FI Ações BDR acumulou perdas de 55%, enquanto o Ibovespa recuava 43% no mesmo período. Mas, desde então, o fundo vem sendo um dos maiores destaques na indústria de fundos de ações, com uma recuperação expressiva: 133%, segundo dados disponíveis até o dia 14 de abril, contra um salto de 89% do Ibovespa.

Segundo o Banco Safra, a queda do Lagrange no pior momento da crise, embora significativa, foi controlada frente ao desempenho do mercado, dado que o fundo tem a premissa de operar alavancado, mas a recuperação se deu de modo muito mais forte, conforme o gráfico abaixo de retorno em 12 meses.

O banco destaca que a recuperação do fundo tem como pano de fundo a disciplina em manter a calma em momentos de pânico e seguir o planejamento de acordo com análises qualitativas e quantitativas. Essa é uma das lições mais reforçadas aos investidores em 2020.

Em março do ano passado, por exemplo, a forte queda das ações penalizou empresas de todos os setores, independentemente de seus fundamentos ou de suas perspectivas.

Situações como essas criam assimetrias entre o preço das ações e o valor das empresas, gerando boas oportunidades de investimento nos mais diferentes setores da Bolsa.

A recuperação se deu sem alavancagem, apenas por meio de um processo de stock picking, ou seja, selecionando ações que o Safra identifica em modelos com bom potencial de crescimento. Análises de stress test reforçaram a convicção de que os ativos estavam mal precificados no mercado, diz o Safra.

O processo de decisão de investimento conta, no Safra, com equipes multidisciplinares, de modo a compor tanto cenários macroeconômicos quanto análises detalhadas das empresas e seus valuations.

Como fazer investimento alavancado
Conhecer o próprio perfil de investidor é um dos passos mais importantes para montar uma carteira de investimentos. Ou seja, para começar a investir, é preciso ter claro qual é o objetivo a ser alcançado com as economias. Essa garante segurança e permite buscar o melhor potencial de retorno para cada nível de risco. Investimentos alavancados, por exemplo, são opções que podem ser exploradas por investidores dinâmicos, dispostos a maiores riscos.

Investir alavancado significa movimentar um volume financeiro maior do que o montante investido permitiria em operações comuns. Portanto, naturalmente, as oscilações positivas e negativas tendem a ser acentuadas.

Há diferentes modos de se posicionar em operações com alavancagem, com diversos níveis de risco. Um modo simples de ter acesso a este tipo de operação, contando com uma equipe profissional e experiente para monitorar riscos e oportunidades, é via fundos de investimento, como o Safra Lagrange II FIC FI Ações BDR.

No Safra Lagrange, um fundo de ações com foco na Bolsa brasileira, o gestor tem a possibilidade de operar alavancado em limites que por vezes chegam a 1,7 vezes o patrimônio gerido pelo fundo.

Em determinadas ocasiões, por outro lado, o fundo pode trabalhar sem alavancagem, ou até mesmo manter recursos em caixa para se defender, quando necessário. Nessa linha, um dos diferenciais do Safra Lagrange é que o fundo não realiza investimentos que podem resultar em perda definitiva de capital, ou seja, são evitadas operações com instrumentos que podem ‘virar pó’.

Disciplina para operar alavancado
Quando a crise da Covid-19 alterou as premissas nos cenários de todos os investidores, o Safra Lagrange também ajustou seus níveis de alavancagem, diminuindo o risco potencial para preservar o patrimônio dos cotistas contra eventuais quedas do mercado.

Como investir em fundo alavancado
Além de conhecer o seu perfil de investidor, é importante respeitar os limites de alocação na sua carteira. Todos os meses, o relatório Safra Report indica a alocação sugerida para quatro perfis diferentes de investidores, com o percentual para cada classe de ativo.

Os fundos alavancados podem ajudar a compor essa carteira de renda variável. Por terem uma exposição maior ao mercado para cada real investido, é possível alcançar o limite sugerido de alocação em renda variável com menos recursos.

No Safra, há duas versões do fundo: o Safra Lagrange FIC FI Ações BDR, já fechado para aplicação, e o Safra Lagrange II FIC FI Ações BDR, de mesma composição, mas este aberto para novos investidores.

Fonte: O Especialista

A Visão Investimentos - Agente Autônomo de Investimentos Ltda está devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Instrução Normativa nº497/11, e é credenciada junto à Safra Corretora de Valores e Câmbio Ltda., o que pode ser verificado no site da CVM (www.cvm.gov.br) ou no site da ANCORD (http://www.ancord.org.br) ou no site da Safra Corretora - www.safra.com.br/agentesautonomoscredenciados. A marca SAFRA INVEST é de propriedade e objeto de direitos exclusivos de empresas das Organizações Safra, das quais faz parte a Safra Corretora de Valores e Cambio Ltda. O Agente Autônomo é um intermediário e depende de ordem prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro e de capitais. Esta mensagem tem conteúdo meramente informativo. As informações ora prestadas são de caráter geral e exemplificativo, estando sujeitas a alterações, condições adicionais e negociação específica para cada investimento realizado, não se configurando ou devendo ser entendida como oferta pública ou privada, relatório de análise ou consultoria de valores mobiliários tais como definidos na legislação e regulamentação em vigor. As informações expressas neste documento foram obtidas de fontes públicas consideradas seguras, porém não é garantida a sua precisão ou completude, não devendo ser consideradas como tal. Investimentos em títulos e valores mobiliários envolvem riscos. A decisão pelo tipo e perfil de investimento é de responsabilidade exclusiva do cliente, razão pela qual se recomenda fortemente que o investidor faça uma avaliação independente sobre as operações pretendidas, riscos, condições e tributação aplicável. Quaisquer referências e rentabilidades passadas não significam de qualquer forma a garantia ou previsibilidade de rentabilidades futuras. O Grupo Safra não será responsável por perdas diretas, indiretas ou lucros cessantes decorrentes da utilização deste material para quaisquer finalidades. A presente publicação e todos seus elementos literais e gráficos constituem uma obra autoral protegida, estando os diretos sobre a mesma reservados.