fbpx
loader

Mesmo com resultados fracos para o 1º tri deste ano, Safra destaca vendas na internet e recomenda a compra das ações da empresa

O Pão de Açúcar (PCAR3) registrou crescimento de 137% do comércio online ante os primeiros três meses de 2020, apesar do avanço da pandemia.

Para o Banco Safra, essa expansão consistente é o grande destaque positivo do balanço da empresa.

Nesse sentido, as vendas da companhia somaram R$ 311 milhões, o que representa 5,7% do total de vendas da varejista.

O banco divulgou relatório nesta quinta-feira, 6, em que recomenda a compra das ações do Pão de Açúcar, com preço-alvo (potencial) de R$ 102.

Análise do balanço
A varejista de alimentos registrou R$ 113 milhões no primeiro trimestre, revertendo o prejuízo registrado no mesmo período de 2020, que foi de R$ 140 milhões.

Na visão do Safra, as vendas da companhia “foram prejudicadas por fortes compensações do ano passado”, além da piora da pandemia de covid-19.

O banco também pontua que o Pão de Açúcar teve desempenho relativamente mais fraco em relação ao Carrefour, principal concorrente.

Por outro lado, o Safra lembra que a empresa reportou melhor margem bruta e dinâmica de despesas gerais, administrativas e com vendas.

Por isso, o banco não projeta nenhum grande movimento de venda de ações PCAR3.

Sobre o Grupo Pão de Açúcar
Fundado em 1948, em São Paulo, o Grupo Pão de Açúcar (GPA), empresa varejista do Grupo Casino, está presente em todas as regiões do Brasil.

Trata-se do maior grupo de varejo alimentar na América do Sul, com um portfólio diversificado de bandeiras e marcas líderes no Brasil, Colômbia, Argentina e Uruguai.

Recentemente, o GPA teve aprovação para o processo de spin-off da operação de cash & carry, que permitiu ao Assaí se tornar independente, potencializando o crescimento em seus mercados de atuação.

A Visão Investimentos - Agente Autônomo de Investimentos Ltda está devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Instrução Normativa nº497/11, e é credenciada junto à Safra Corretora de Valores e Câmbio Ltda., o que pode ser verificado no site da CVM (www.cvm.gov.br) ou no site da ANCORD (http://www.ancord.org.br) ou no site da Safra Corretora - www.safra.com.br/agentesautonomoscredenciados. A marca SAFRA INVEST é de propriedade e objeto de direitos exclusivos de empresas das Organizações Safra, das quais faz parte a Safra Corretora de Valores e Cambio Ltda. O Agente Autônomo é um intermediário e depende de ordem prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro e de capitais. Esta mensagem tem conteúdo meramente informativo. As informações ora prestadas são de caráter geral e exemplificativo, estando sujeitas a alterações, condições adicionais e negociação específica para cada investimento realizado, não se configurando ou devendo ser entendida como oferta pública ou privada, relatório de análise ou consultoria de valores mobiliários tais como definidos na legislação e regulamentação em vigor. As informações expressas neste documento foram obtidas de fontes públicas consideradas seguras, porém não é garantida a sua precisão ou completude, não devendo ser consideradas como tal. Investimentos em títulos e valores mobiliários envolvem riscos. A decisão pelo tipo e perfil de investimento é de responsabilidade exclusiva do cliente, razão pela qual se recomenda fortemente que o investidor faça uma avaliação independente sobre as operações pretendidas, riscos, condições e tributação aplicável. Quaisquer referências e rentabilidades passadas não significam de qualquer forma a garantia ou previsibilidade de rentabilidades futuras. O Grupo Safra não será responsável por perdas diretas, indiretas ou lucros cessantes decorrentes da utilização deste material para quaisquer finalidades. A presente publicação e todos seus elementos literais e gráficos constituem uma obra autoral protegida, estando os diretos sobre a mesma reservados.