fbpx
loader

Apesar de indicadores positivos recentes, especialmente no agronegócio, IBC-Br registra queda de 0,43% em maio

Em meio à segunda onda da pandemia do novo coronavírus, a atividade econômica brasileira voltou a recuar. O Banco Central (BC) informou nesta quarta-feira, 14, que seu Índice de Atividade (IBC-Br) caiu 0,43% em maio ante abril, na série já livre de influências sazonais. Em abril, o indicador teve elevação de 0,85% (dado revisado).

Os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia, percebidos em fevereiro do ano passado, se intensificaram em todo o mundo a partir de março. Para conter o número de mortos, o Brasil adotou o isolamento social em boa parte do território, o que impactou a atividade econômica.

Apesar de indicadores positivos recentes, especialmente no agronegócio, o índice do Banco Central mostrou queda na atividade em maio, diferentemente do que esperavam os analistas.

Conhecido como uma espécie de “prévia do BC para o PIB”, o IBC-Br serve mais precisamente como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. A projeção atual do BC para a atividade doméstica em 2021 é de alta de 4,6%.

Pandemia afeta índice considerado prévia do PIB
Os efeitos negativos decorrentes do avanço da pandemia foram percebidos principalmente em março e abril de 2020. Após este período, o IBC-Br passou a reagir, até que a segunda onda provocasse, no início de 2021, novos fechamentos de empresas. Em março, a atividade econômica recuou, mas em abril ela voltou a avançar. Agora, em maio, houve nova retração.

De abril para maio de 2021, o índice de atividade calculado pelo BC passou de 139,71 pontos para 139,11 pontos na série dessazonalizada.

A baixa do IBC-Br ficou dentro do intervalo projetado pelos analistas do mercado financeiro, mas abaixo da mediana projetada de +1,05%.

Na comparação entre os meses de maio de 2021 e maio de 2020, houve alta de 14,21% na série sem ajustes sazonais. Esta série encerrou com o IBC-Br em 136,80 pontos em maio.

O indicador de maio de 2021 ante o mesmo mês de 2020 mostrou desempenho dentro do intervalo projetado pelos analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast, que esperavam resultado entre +10,70% e +17,30% (mediana em +15,80%).

No Relatório de Mercado Focus divulgado pelo BC na última segunda-feira, dia 12, a projeção é de alta de 5,26% para o PIB em 2021. O Focus reúne as estimativas dos economistas do mercado financeiro.

Acumulado até maio
O IBC-Br acumulou alta de 6,60% no ano até maio, informou o Banco Central. O porcentual diz respeito à série sem ajustes sazonais. Pela mesma série, o IBC-Br apresenta alta de 1,07% nos 12 meses encerrados em maio.

O BC informou ainda que o IBC-Br registrou queda de 0,30% no acumulado do trimestre até maio de 2021 na comparação com os três meses anteriores, pela série ajustada sazonalmente.

O indicador subiu 11,66% no acumulado do trimestre até maio de 2021 ante o mesmo período do ano passado, na série sem ajuste.

Revisões de dados do IBC-Br
O Banco Central revisou os dados do IBC-Br na margem, na série com ajuste. O IBC-Br de abril foi de +0,44% para +0,85%, enquanto o índice de março passou de -1,61% para -2,01%.

No caso de fevereiro, o índice foi de +1,65% para +1,64%. O dado de janeiro passou de +0,61% para +0,67% e o de dezembro foi de +0,52% para +0,47%. Em relação a novembro, o BC alterou o indicador de +0,61% para +0,60%. No caso de outubro, foi de +0,94% para +0,92%. (AE)

A Visão Investimentos - Agente Autônomo de Investimentos Ltda está devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Instrução Normativa nº497/11, e é credenciada junto à Safra Corretora de Valores e Câmbio Ltda., o que pode ser verificado no site da CVM (www.cvm.gov.br) ou no site da ANCORD (http://www.ancord.org.br) ou no site da Safra Corretora - www.safra.com.br/agentesautonomoscredenciados. A marca SAFRA INVEST é de propriedade e objeto de direitos exclusivos de empresas das Organizações Safra, das quais faz parte a Safra Corretora de Valores e Cambio Ltda. O Agente Autônomo é um intermediário e depende de ordem prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro e de capitais. Esta mensagem tem conteúdo meramente informativo. As informações ora prestadas são de caráter geral e exemplificativo, estando sujeitas a alterações, condições adicionais e negociação específica para cada investimento realizado, não se configurando ou devendo ser entendida como oferta pública ou privada, relatório de análise ou consultoria de valores mobiliários tais como definidos na legislação e regulamentação em vigor. As informações expressas neste documento foram obtidas de fontes públicas consideradas seguras, porém não é garantida a sua precisão ou completude, não devendo ser consideradas como tal. Investimentos em títulos e valores mobiliários envolvem riscos. A decisão pelo tipo e perfil de investimento é de responsabilidade exclusiva do cliente, razão pela qual se recomenda fortemente que o investidor faça uma avaliação independente sobre as operações pretendidas, riscos, condições e tributação aplicável. Quaisquer referências e rentabilidades passadas não significam de qualquer forma a garantia ou previsibilidade de rentabilidades futuras. O Grupo Safra não será responsável por perdas diretas, indiretas ou lucros cessantes decorrentes da utilização deste material para quaisquer finalidades. A presente publicação e todos seus elementos literais e gráficos constituem uma obra autoral protegida, estando os diretos sobre a mesma reservados.